O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), rebateu  nesta quinta-feira (14) as críticas feitas nesta manhã pelo presidente Jair Bolsonaro sobre as medidas que vem sido tomadas pelos chefes estaduais no combate ao avanço do coronavírus.

 

“Um homem está decidindo o futuro de São Paulo, o futuro da economia do Brasil. Os senhores, com todo o respeito, tem que chamar o governador e jogar pesado, porque a questão é séria, é guerra. É o Brasil que está em jogo, se continuar o empobrecimento da população daqui a pouco seremos iguais na miséria.” concluiu o presidente.