Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Foto: Divulgação

Ciência e Tecnologia

Cientistas descobrem molécula chave para a memória de longo prazo

Os cientistas descobriram que a molécula KIBRA desempenha um papel crucial na formação e estabilização das memórias de longo prazo, atuando como uma espécie de “cola” molecular. Memórias de infância, como a primeira visita a um zoológico ou aprender a andar de bicicleta, podem durar até a vida adulta. Mas como essas memórias se mantêm por tanto tempo? Um estudo recente, publicado na revista *Science Advances* por uma equipe de pesquisadores internacionais, oferece uma explicação biológica fascinante.  “Os esforços anteriores focavam nas ações de moléculas individuais,” explica André Fenton, professor de ciência neural da Universidade de Nova York e um dos principais pesquisadores do estudo. “Nosso estudo mostra como elas trabalham juntas para garantir o armazenamento perpétuo da memória.”

Esta descoberta pode direcionar futuros esforços para tratar aflições relacionadas à memória, destaca Todd Sacktor, professor da Universidade de Ciências da Saúde SUNY Downstate e coautor do estudo. Tradicionalmente, sabe-se que os neurônios armazenam informações por meio de padrões de sinapses fortes e fracas. No entanto, as moléculas nas sinapses são instáveis e se renovam constantemente, levantando a questão de como as memórias se mantêm estáveis por anos ou décadas. Em experimentos com camundongos, os pesquisadores se concentraram na KIBRA, uma proteína associada à memória. Eles descobriram que a KIBRA interage com a proteína quinase Mzeta (PKMzeta), essencial para fortalecer sinapses, mas que se degrada após alguns dias. A KIBRA, funcionando como uma “etiqueta sináptica persistente,” mantém as sinapses fortes ao se ligar à PKMzeta.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Durante a formação da memória, as sinapses são ativadas e a KIBRA é posicionada seletivamente nessas sinapses,” explica Sacktor. “O PKMzeta então se liga à KIBRA, mantendo as sinapses fortes e atraindo mais PKMzeta.” Os experimentos mostraram que quebrar a ligação KIBRA-PKMzeta apaga memórias antigas. A pesquisa anterior indicava que aumentar aleatoriamente o PKMzeta no cérebro melhorava memórias fracas, o que agora se explica pela marcação sináptica persistente da KIBRA. Este mecanismo explica como memórias podem durar anos, mesmo com a renovação constante das proteínas que as sustentam. A descoberta afirma uma hipótese de 1984 de Francis Crick, que previa um mecanismo similar ao argumento filosófico da Nave de Teseu, onde novas tábuas substituem as antigas para manter o navio ao longo dos anos.

“O mecanismo de marcação sináptica persistente é análogo à substituição das tábuas da Nave de Teseu,” diz Sacktor. “Francis Crick previu este mecanismo, mas levou 40 anos para identificar os componentes KIBRA e PKMzeta e entender sua interação.” A pesquisa contou com a participação de cientistas da Universidade McGill, do Canadá, do Hospital Universitário de Münster, na Alemanha, e da Faculdade de Medicina da Universidade do Texas, em Houston. O estudo foi financiado por diversos subsídios, incluindo do National Institutes of Health e do Natural Sciences and Engineering Research Council of Canada.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Destaques

Supercondutividade à temperatura ambiente: Uma nova realidade à vista Demonstração com sucesso da supercondutividade induzida por luz em YBa2Cu3O6.48 à temperaturas significativamente mais altas...

Destaques

Bactérias respiratórias ‘desligam’ sistema imunológico para sobreviver. Pesquisadores da Universidade de Queensland identificaram como uma bactéria comum é capaz de manipular o sistema imunológico...

Destaques

**Tecnologia inovadora em monocristais pode aumentar a durabilidade de baterias de veículos elétricos** Uma equipe de pesquisa liderada pelo professor Kyu-Young Park do Instituto...

Entretenimento

Nesta sexta-feira (12), o juiz de Santa Fé, Estados Unidos, arquivou o caso de homicídio culposo contra Alec Baldwin pelo disparo fatal contra Halyna...

brigadeirão brigadeirão

Brasil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu nesta sexta-feira (12) as investigações sobre a morte do empresário Luiz Marcelo Antônio Ormond, de 44...

Brasília Brasília

Brasil

Um novo estudo mapeou a qualidade de vida nas cidades brasileiras, revelando um cenário com grandes disparidades. O Índice de Progresso Social (IPS), criado...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Após as recentes chuvas no Rio Grande do Sul, os Correios realizaram uma doação significativa de 21,5 mil livros para reabastecer o acervo do...

Brasil

Nesta sexta-feira (12), Rodrigo Luis Sanfurgo de Carvalho assumiu como o novo superintendente da Polícia Federal em São Paulo, na sede do órgão na...

Brasil

O Ministério Público de Belo Horizonte iniciou uma investigação após receber uma denúncia anônima sobre o desaparecimento de uma obra do pintor Guignard, avaliada...

Saúde

No último domingo (7), o programa Fantástico, da TV Globo, trouxe à tona a história de Victor Miguel, um jovem de 17 anos natural...

Brasil

A previsão do tempo para o fim de semana em Blumenau (SC) aponta para instabilidade, com chuvas persistentes que podem aumentar o nível do...

São Paulo

A Polícia Civil prendeu na tarde desta sexta-feira (12/7) Luis Gonzaga Estevam Barbosa, acusado de ter atirado e matado Gabriel Moraes da Silva, motorista...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit