Sérgio Lima/AFP

Ao contrário do que foi publicado pelo jornal o Globo, e repercutido pelos principais jornais do Brasil, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta deve ficar no cargo.

Segundo a revista Veja,  no final da tarde desta segunda-feira (6) o presidente Jair Bolsonaro teria sido convencido por militares, como os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Governo), de que a melhor decisão seria manter o ministro por enquanto.

Mandetta chegou ao Palácio do Planalto no fim da tarde desta segunda-feira (6) para uma reunião com o presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão.
 
Além dos três, outros integrantes do alto escalão do Executivo estão no encontro. O presidente deu mais de uma indicação de que pretende demitir Mandetta. Mais cedo, nesta segunda-feira, chegou a se reunir com dois médicos cotados para assumir a pasta: o ex-ministro da Cidadania Osmar Terra e a oncologista Nise Yamagushi, defensora do uso precoce da hiroxicloroquina em pacientes com Covid-19. 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram