O Ministério da Saúde informou na manhã desta terça-feira (11), que vai apoiar qualquer vacina que tenha a eficácia comprovada contra a covid-19. A declaração vem após o anúncio do governo russo de registro da primeira vacina contra o novo coronavírus.

De acordo com a pasta comandada por Eduardo Pazuello, “todos os brasileiros terão acesso a ela”, independentemente da nacionalidade.

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, garantiu à CNN que acompanha as pesquisas de todas as vacinas.

Atualmente, o Brasil investe na vacina britânica produzida pela Universidade de Oxford, em parceria com a farmacêutica Astrazeneca e a FioCruz.

No mundo, há testes na China, Inglaterra, Rússia, nos EUA, etc.