Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

8 de Janeiro: Alexandre de Moraes concede liberdade provisória ao coronel Naime
Foto: Divulgação

Justiça

8 de Janeiro: Alexandre de Moraes concede liberdade provisória ao coronel Naime

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, concedeu liberdade provisória ao coronel Jorge Eduardo Naime Barreto, ex-comandante do Departamento de Operações da PM-DF durante os atos do 8 de Janeiro. A decisão foi assinada na segunda-feira (13).

Jorge Eduardo Naime Barreto estava detido desde 7 de fevereiro do ano passado, sob suspeita de não ter cumprido seus deveres funcionais durante os atos. Em fevereiro deste ano, o ex-comandante se tornou réu no caso, junto com outros seis integrantes da antiga cúpula da PMDF.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Segundo Alexandre de Moraes, Naime não representa mais risco à apuração do caso, uma vez que passou recentemente para a reserva da PMDF, não tendo mais influência em assuntos da corporação. Esse mesmo entendimento levou à soltura de outros quatro coronéis.

Apesar de estar em liberdade, Naime não poderá comparecer a uma cerimônia da OAB, na qual seu filho receberá a carteira de advogado, pois o evento coincide com uma audiência de instrução já marcada, de acordo com decisão de Moraes.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O coronel será monitorado por tornozeleira eletrônica e está proibido de sair do DF. Além disso, deverá comparecer semanalmente em juízo, permanecer em recolhimento domiciliar durante a noite e aos fins de semana, não utilizar redes sociais e ter suspensas eventuais autorizações para o porte de armas.

As acusações contra Naime, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR), incluem crimes como abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado contra patrimônio da União, deterioração de patrimônio tombado e violação dos deveres funcionais, todos pela via da omissão.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A PGR alega que Naime teria conspirado, junto com os demais denunciados, em favor de um levante popular pró-Bolsonaro e, no dia 8 de janeiro de 2023, permitiu deliberadamente que os crimes fossem cometidos pelos vândalos.

A defesa de Naime nega as acusações, argumentando que a PGR não conseguiu detalhar as condutas supostamente criminosas do coronel.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Últimas Notícias

O apresentador José Luiz Datena fez hoje (17) sua primeira agenda como pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSDB. Ele visitou o Mercado...

Meta Meta

Redes Sociais

A Meta, empresa proprietária do Instagram, Facebook e WhatsApp, anunciou na tarde desta quarta-feira (17) a suspensão dos recursos de inteligência artificial generativa (genAI)...

Lula: 'A gente não pode ter dúvida de condenar qualquer manifestação antidemocrática em qualquer lugar do mundo' Lula: 'A gente não pode ter dúvida de condenar qualquer manifestação antidemocrática em qualquer lugar do mundo'

Política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou nesta quarta-feira (17) os artigos e comentários que questionam os gastos do governo federal durante...

Biden permite que Ucrânia ataque a Rússia com armas dos EUA Biden permite que Ucrânia ataque a Rússia com armas dos EUA

Mundo

Ucrânia e Rússia realizaram uma troca de 95 prisioneiros de guerra de cada lado, conforme anunciado por autoridades dos dois países nesta quarta-feira (17)....

Esportes

O Real Madrid anunciou na manhã desta quarta-feira (17) que um homem foi condenado pela Justiça espanhola a oito meses de prisão por racismo,...

FGTS Digital FGTS Digital

Economia

A Caixa Econômica Federal será responsável pela distribuição aos trabalhadores com carteira assinada de parte do lucro histórico de R$ 23,4 bilhões registrado pelo...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu, nesta segunda-feira (15), que a Carreta Furacão não pode mais utilizar o personagem “Fonfon”, alegando...

Empresário é achado amarrado e morto em bairro nobre de SP; R$ 3,5 milhões e carro são levados Empresário é achado amarrado e morto em bairro nobre de SP; R$ 3,5 milhões e carro são levados

São Paulo

Na noite desta terça-feira (16), no Jardim Europa, bairro de classe alta de São Paulo, o empresário Carlos Alberto Felice, de 77 anos, foi...

Natalia Becker e Henrique Silva Chagas Natalia Becker e Henrique Silva Chagas

São Paulo

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Técnico-Científica concluiu que o empresário Henrique Chagas faleceu devido a uma “parada cardiorrespiratória” provocada por...

Brasil

Na manhã desta quarta-feira (17), a Polícia Federal e o GAECO/SP, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária do Estado de São Paulo (4º...

Brasil

Dois criminosos foram mortos durante um intenso tiroteio com policiais militares nesta quarta-feira (17) na Avenida Brasil, uma das vias principais do Rio de...

Brasil

Um grave acidente ocorreu na tarde desta terça-feira (16) no Bairro Niterói, em Divinópolis, quando uma van, transportando 22 crianças, tombou após perder o...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit