CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Benedita improbidade

O juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, Bruno Bodart, manteve o bloqueio de bens da deputada federal e ex-governadora petista, Benedita da Silva, em uma ação de improbidade administrativa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A medida cautelar foi decretada ainda em 2015, quando a petista também teve seus sigilos bancário e fiscal quebrados.

O objetivo da Justiça era recuperar R$ 32 milhões em supostos danos causados aos cofres do estado na época em que Benedita era secretária de Direitos Humanos da gestão de Sérgio Cabral.

 
 
 
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE