O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, médico que sugeriu a aplicação de ozônio no ânus dos pacientes infectados com a covid-19, foi o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT) na cidade de Santa Catarina, em 1980.

Morastoni foi filiado pelo partido de esquerda por 34 anos, entre os anos de 1980 até 2015. Ele foi deputado da Assembleia Legislativa de Santa Catarina entre os anos de 1ª Legislatura (1995-1999), com 15.949 votos; 2ª Legislatura (1999-2004); 3ª Legislatura (2003-2005), onde largou o cargo para assumir a Prefeitura de Itajaí e a 4ª Legislatura (2011-2015).

Em 2016,  foi eleito prefeito desse município, pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), e assumiu funções em 1o de janeiro de 2017.

Na noite desta segunda-feira (03), Volnei Morastoni sugeriu a aplicação de ozônio no ânus dos pacientes infectados com o novo coronavírus: “Dois ou três minutinhos por dia”.