Ouça essa matéria na integra

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), abriu nesta terça-feira (10), um novo processo administrativo disciplinar contra o chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol.

O processo derivou de uma reclamação de Renan Calheiros. O senador alagoano se queixou de Deltan ter defendido, no Twitter, voto aberto para a presidência do Senado –derrotado por Davi Alcolumbre, Renan alega que as postagens atrapalharam sua candidatura.