Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Foto: Divulgação

Ciência e Tecnologia

Risco de Terremotos Devastadores Aumenta na Costa do Estado de Washington

Novos dados revelam que os terremotos mais destrutivos da Cascadia provavelmente ocorrerão na costa do estado de Washington e na Ilha de Vancouver. A megafalha de Cascadia, uma enorme falha capaz de gerar terremotos devastadores de magnitude 9, semelhantes ao temblor de Tohoku em 2011, sempre intrigou os cientistas. Recentemente, dados de uma pesquisa abrangente mostraram que a falha não é uma fratura contínua, mas composta por pelo menos quatro segmentos. O mais perigoso se estende da costa sul da Ilha de Vancouver até o estado de Washington, conforme relatado na revista Science Advances de 7 de junho 2024. “A megafalha de Cascadia representa um grande risco para as pessoas que vivem no Noroeste do Pacífico”, alerta o sismólogo Edwin Nissen, da Universidade de Victoria, na Colúmbia Britânica, que não participou do estudo.

Enquanto a parte da falha perto da costa sudoeste da ilha pode hospedar os maiores terremotos, segmentos mais ao sul, na costa do Oregon, podem ter temblores menores e mais frequentes. Essas falhas ocorrem onde duas placas tectônicas convergem, especialmente onde uma placa empurra sob a outra, em zonas de subducção. As placas geralmente ficam presas e periodicamente escorregam, liberando grandes quantidades de energia. Essas zonas geraram os maiores terremotos da história, como o de Sumatra em 2004. A falha de Cascadia segue a costa por cerca de 1000 quilômetros, da Colúmbia Britânica ao norte da Califórnia, onde a placa de Juan de Fuca desliza sob a placa norte-americana. Nos últimos 10.000 anos, 19 terremotos de magnitude superior a 9 abalaram Cascadia. O mais recente, em 1700, afundou florestas costeiras e gerou tsunamis que chegaram ao Japão. A ameaça de um novo terremoto inspirou diversos artigos, livros e documentários.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

No entanto, comparada às megafalhas no Japão e Nova Zelândia, a de Cascadia é pouco compreendida. “A maioria das zonas de subducção tem muitos pequenos terremotos que nos fornecem informações sobre a geometria das falhas”, diz Nissen. “Cascadia é estranhamente quieta em termos de sismicidade.” Em 2021, a geofísica marinha Suzanne Carbotte, da Universidade de Columbia, e colegas, a bordo do navio Marcus G. Langseth, realizaram uma pesquisa sísmica ao longo de 900 quilômetros da zona, utilizando canhões de ar subaquáticos para enviar ondas sonoras ao fundo do mar. Essas ondas foram refletidas por falhas e camadas de rochas subterrâneas e detectadas por uma matriz de receptores de 15 quilômetros. “É a primeira vez que uma pesquisa regional abrangendo quase toda a zona de subducção é realizada”, diz Carbotte.

“Antes, as pesquisas cobriam regiões pequenas, no máximo 200 quilômetros.” Os dados revelaram que a placa de Juan de Fuca se divide em segmentos à medida que se desloca sob a placa norte-americana, devido à distribuição irregular de rochas rígidas na placa superior. “Essa segmentação é importante porque pode impedir um terremoto”, explica Nissen. Durante um terremoto, uma falha começa a escorregar em um ponto subterrâneo e o movimento se espalha. Grandes falhas permitem a propagação de temblores maiores e mais duradouros. Mas se a falha é segmentada, as quebras podem impedir a continuidade do movimento, limitando o tamanho do terremoto. Ainda assim, alguns terremotos podem atravessar vários segmentos, como ocorreu em 1700. Os dados também mostraram que o segmento da Ilha de Vancouver é relativamente suave, facilitando o crescimento dos terremotos, e inclina-se sob a placa norte-americana em um ângulo pequeno, de apenas 2 a 4 graus.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os maiores terremotos ocorrem em falhas de inclinação suave. “Se for inclinado e suave, o terremoto pode se propagar mais para o leste, atingindo cidades como Victoria, Seattle e Vancouver, mais do que se pensava antes”. O estudo fornece informações valiosas para a avaliação e previsão de terremotos, afirma Mark Petersen, geofísico do Serviço Geológico dos EUA e chefe do Projeto de Modelo Nacional de Perigos Sísmicos. Conhecer a geometria da falha é crucial para avaliar a proximidade de futuros terremotos em relação a grandes cidades como Seattle. A próxima atualização do modelo de risco para o Noroeste do Pacífico será em 2029. A pesquisa também revelou pequenas falhas perto da costa, que podem deslizar e gerar tsunamis. Ondas de um terremoto de megafalha mais distante levariam minutos para chegar à costa, mas se essas falhas próximas deslizarem, o tsunami poderia atingir a praia muito mais cedo.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

cnj

Justiça

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta sexta-feira (12) intimar duas magistradas do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) para prestar esclarecimentos sobre...

Nordeste clarão Nordeste clarão

Brasil

Na madrugada deste sábado (13), por volta das 0h10, o céu nordestino foi iluminado pela queda de um meteoro, que proporcionou um espetáculo de...

Brasil

Modelo Yasmin Dominguez, representada pela agência 40º Models, faleceu aos 19 anos nesta sexta-feira no Rio de Janeiro. O corpo de Yasmin foi encontrado...

Banco do Brasil Banco do Brasil

Brasil

Na manhã deste sábado, a Polícia Civil, com o apoio de unidades do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), deu início à segunda fase...

Destaques

Supercondutividade à temperatura ambiente: Uma nova realidade à vista Demonstração com sucesso da supercondutividade induzida por luz em YBa2Cu3O6.48 à temperaturas significativamente mais altas...

Destaques

Bactérias respiratórias ‘desligam’ sistema imunológico para sobreviver. Pesquisadores da Universidade de Queensland identificaram como uma bactéria comum é capaz de manipular o sistema imunológico...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) está investigando uma série de golpes atribuídos a um indivíduo que se passava por empresário e vendia...

Brasil

No julgamento realizado pelo júri popular, uma técnica de enfermagem que trabalhava em um hospital de Canoas, no Rio Grande do Sul, foi considerada...

mega-sena mega-sena

Brasil

No sábado (13), será realizado o concurso 2.748 da Mega-Sena, que apresenta um prêmio acumulado de R$ 15 milhões. “A partir das 20h, horário...

Brasil

Padre Alcione Leal foi afastado hoje, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, após críticas durante uma missa a eleitores do Partido dos Trabalhadores...

Brasil

Na última sexta-feira (12), foi revelado pela RBS TV, em reportagem exibida no Jornal Nacional da TV Globo, que dos 629,6 mil pedidos registrados...

Brasil

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva ratificou o acordo de livre comércio entre o Estado da Palestina e o Mercosul, bloco econômico...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit