Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Foto: Divulgação

Ciência e Tecnologia

Hidrogênio Verde: Descoberta de Catalisador Pode Redefinir Indústria Energética

O hidrogênio verde é considerado um vetor energético promissor para a descarbonização global, pois seu uso como combustível não gera dióxido de carbono. No entanto, a maior parte do hidrogênio produzido atualmente deriva de fontes não renováveis, como o metano, em um processo conhecido como reforma de metano, que contribui significativamente para as emissões de CO2. Em um avanço científico de grande impacto, uma equipe internacional de pesquisadores conseguiu desenvolver um catalisador inovador que pode revolucionar a forma como o hidrogênio verde é produzido. Este feito não apenas representa um passo significativo na busca por fontes de energia limpa e renovável, mas também aborda diretamente a necessidade urgente de reduzir as emissões de carbono associadas aos combustíveis fósseis.

A eletrólise da água é uma alternativa viável e sustentável para a geração de hidrogênio verde, utilizando energia renovável para dividir a água em hidrogênio e oxigênio. No entanto, esta técnica depende fortemente de catalisadores para acelerar as reações químicas envolvidas, especialmente em ambientes altamente ácidos e corrosivos. Tradicionalmente, catalisadores à base de elementos raros e caros, como platina e irídio, foram essenciais para garantir a eficiência e a estabilidade desses processos. O irídio, em particular, é altamente valorizado por sua capacidade de resistir à corrosão em ambientes ácidos severos, tornando-se a escolha predominante para anodos na eletrólise da água por membrana de troca de prótons (PEM), uma das tecnologias mais promissoras para a produção industrial de hidrogênio verde.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

No entanto, o irídio é um recurso escasso e caro, o que limita sua aplicação em larga escala na transição energética global. Buscando superar essa limitação, uma equipe de cientistas de várias instituições de renome, incluindo o ICFO (Instituto de Ciências Fotônicas), ICIQ (Instituto Catalão de Pesquisa Química), ICN2 (Instituto Catalão de Ciência e Tecnologia), CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica da França), Diamond Light Source e INAM (Instituto de Materiais Avançados), uniu esforços para explorar novos caminhos na pesquisa de catalisadores não-irídios para eletrólise da água. O resultado dessa colaboração intensiva foi a descoberta de um catalisador à base de cobalto que apresenta desempenho comparável e, em alguns aspectos, superior aos catalisadores tradicionais à base de irídio.

O catalisador foi projetado com base em uma técnica inovadora de “delaminação”, na qual os pesquisadores manipularam a estrutura do óxido de cobalto-tungstênio (CWO), substituindo parte dos átomos de tungstênio por água e grupos hidroxila.  Esse processo não apenas aumentou a atividade catalítica do material, mas também conferiu uma estabilidade excepcional em condições operacionais severas. Publicado na renomada revista Science, o estudo detalha como o novo catalisador não só resistiu às exigências de alta densidade de corrente típicas de aplicações industriais, mas também mostrou uma durabilidade impressionante de mais de 600 horas de operação contínua. Esses resultados representam um marco significativo na pesquisa de eletroquímica, promovendo uma alternativa viável e economicamente acessível aos catalisadores à base de irídio.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Além dos avanços experimentais, os pesquisadores também utilizaram técnicas avançadas de espectroscopia e modelagem computacional para entender melhor os mecanismos de reação e degradação do catalisador durante a operação. Isso permitiu uma otimização precisa do design do catalisador, garantindo não apenas sua eficácia, mas também sua viabilidade econômica em escala industrial. O potencial industrial desta descoberta é enorme. Os cientistas envolvidos no projeto já estão trabalhando no processo de patenteamento do catalisador e explorando alternativas adicionais, como materiais à base de manganês e níquel, para diversificar ainda mais as opções de catalisadores sustentáveis.

Com isso, esperam acelerar a adoção de tecnologias de hidrogênio verde em todo o mundo, contribuindo significativamente para a mitigação das mudanças climáticas e para a construção de uma economia global mais sustentável e resiliente. Em suma, a descoberta deste novo catalisador não apenas promete transformar a produção de hidrogênio verde, mas também destaca o papel crucial da inovação científica na resolução dos desafios energéticos do século XXI. Com o apoio contínuo de investimentos em pesquisa e desenvolvimento, essa tecnologia tem o potencial de desencadear uma revolução no setor de energia, proporcionando uma alternativa limpa e eficiente aos combustíveis fósseis e promovendo um futuro mais sustentável para as gerações futuras.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Brasil

A população quilombola no Brasil é composta por 7.666 comunidades espalhadas por 8.441 localidades em 25 Unidades da Federação, totalizando aproximadamente 1,3 milhão de...

Mundo

Nesta sexta-feira, um apagão cibernético global causou sérios impactos em hospitais do Reino Unido, Alemanha e Israel. Na Alemanha, dois hospitais, localizados em Lübeck...

Alesp privatização Sabesp Alesp privatização Sabesp

Justiça

A Advocacia-Geral da União (AGU), ligada ao Governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se manifestou nesta quinta-feira (18) favorável à concessão de...

Vídeo mostra 'drone kamikaze' dos Houthis do Iêmen atacando Tel Aviv Vídeo mostra 'drone kamikaze' dos Houthis do Iêmen atacando Tel Aviv

Mundo

Os terrorista Houthis do Iêmen reivindicaram nesta sexta-feira (19) a responsabilidade por um ataque à cidade de Tel Aviv, em Israel. De acordo com...

Rio Pardo: Colisão entre dois carros e um caminhão mata 6 pessoas na BR-471 Rio Pardo: Colisão entre dois carros e um caminhão mata 6 pessoas na BR-471

Brasil

Na noite de quinta-feira (18), um trágico acidente de trânsito envolvendo dois carros e um caminhão resultou na morte de seis pessoas na BR-471,...

Bolsa Bolsa

Economia

Nesta sexta-feira (19), os comerciantes de petróleo, gás, energia, ações, moedas e títulos ao redor do mundo enfrentaram dificuldades operacionais devido a um apagão...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Um barco com 2 milhões de cigarros contrabandeados do Suriname foi apreendido em alto-mar em uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da...

Brasil

A crise cibernética global que afetou serviços e negócios em vários países levou as companhias aéreas brasileiras a informar os passageiros com voos agendados...

Brasil

A Caixa Econômica Federal paga nesta sexta-feira (19) a parcela de julho do novo Bolsa Família aos beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS)...

Inmet prevê geada para áreas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina Inmet prevê geada para áreas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina

Brasil

O tempo seco já está impactando a vida de muitas pessoas. Mas, haverá previsão de chuva para os próximos dias? Como ficará o tempo...

Mega-Sena Mega-Sena

Brasil

O sorteio do concurso 2.750 da Mega-Sena foi realizado na noite desta quinta-feira (18), em São Paulo. Nenhuma aposta acertou as seis dezenas, e...

Brasil

Na tarde desta quinta-feira (18), a Polícia Federal (PF) solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de uma nova investigação sobre o caso...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit