quarta-feira, 21 de abril de 2021

Boeing desiste de comprar área da aviação comercial da Embraer

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

A Boeing anunciou na manhã deste sábado (25) a rescisão de contrato com a Embraer. Fechada em 2018, parceria previa criação de empresa conjunta de US$ 5 bilhões que teria controle da gigante americana. Desistência ocorre em meio a impacto do coronavírus sobre o setor aéreo.

O acordo previa a criação de uma empresa conjunta que ficaria sob comando da Boeing, com 80% de participação. A Embraer ficaria com os 20% restantes, e poderia vender a sua parte para a americana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

“É uma decepção profunda. Entretanto, chegamos a um ponto em que continuar negociando dentro do escopo do acordo não irá solucionar as questões pendentes”, diz o comunicado aos investidores divulgado pela Boeing.

O texto diz ainda que a Boeing “exerceu seu direito de rescindir” acordo “após a Embraer não ter atendido as condições necessárias”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos