Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

Jair Bolsonaro criticou, na manhã desta terça-feira (10), ao conversar com jornalistas na saída do Palácio da Alvorada, a “ativista ambiental” sueca Greta Thunberg, de 16 anos.

O presidente havia sido perguntado sobre o assassinato de dois índios Guajajara, no Maranhão.

“Qual é o nome daquela menina lá? De fora, lá? Greta. A Greta já falou que os índios morreram porque estavam defendendo a Amazônia. É impressionante a imprensa dar espaço para uma pirralha dessa aí. Pirralha”, disse Bolsonaro.

Continuando a falar sobre os índios, o presidente afirmou:

“Preocupa. Qualquer morte preocupa. Nós queremos cumprir a lei, somos contra o desmatamento ilegal, somos contra a queimada ilegal. Tudo que for contra a lei nós somos contra.”