quarta-feira, 21 de abril de 2021

Venezuela expulsa embaixadora da União Europeia com prazo de 72h para deixar o país

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

Venezuela União Europeia

A ditadura socialista da Venezuela, comandada por Nicolás Maduro, deu um prazo de 72 horas a partir desta quarta-feira (24) para a embaixadora da União Europeia, a diplomata portuguesa Isabel Brilhante, deixar o país após ter sido declarada “persona non grata”.

A decisão do Ministério das Relações Exteriores do país está relacionada às sanções impostas contra 19 políticos e autoridades venezuelanas pelo bloco econômico, que não reconheceu o resultado das eleições de 6 de dezembro de 2020.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

A UE, que está sendo acusada de ter desrespeitando a Constituição e interferido nos assuntos internos da Venezuela, lamentou a decisão e pediu que ela seja revertida.

No dia 29 de junho de 2020, o presidente Nicolás Maduro já havia ordenado a saída de Isabel Brilhante do país. A decisão acabou sendo revogada em 2 de julho, com a esperança de que ela facilitasse o diálogo entre as partes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

A porta-voz do Serviço Europeu para a Ação Externa (SEAE), Nabila Massrali, disse que a “Venezuela apenas superará sua crise atual através da negociação e do diálogo, ao qual a União Europeia está completamente comprometida”, mas afirmou que a decisão desta quarta-feira, 24, impacta essa vontade de cooperação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos