Foto: reprodução

Ouça essa matéria na integra

O Congresso da Bolívia aprovou na manhã desta terça-feira (21) as renúncias do ex-presidente do país, Evo Morales e de seu vice, Álvaro García Linera.

A medida coloca um fim em um argumento sustentado por Morales, que está refugiado na Argentina, de que ele continuava presidente, uma vez que sua carta de renúncia não tinha sido aprovada pelos congressistas.