Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Justiça mulher marido facadas SP
Foto: Criador de imagens Bing

Brasil

Ipea: Brasil pode ter deixado de registrar 24,1 mil homicídios de 2019 a 2022, aponta levantamento

O Brasil pode ter deixado de registrar 24,1 mil homicídios de 2019 a 2022, de acordo com o Atlas da Violência 2024 divulgado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública nesta terça-feira (18). Isso equivale a 11,3% do total estimado de homicídios no país durante esse período.

No total, estima-se que tenham ocorrido 213,7 mil assassinatos, porém apenas 189,6 mil foram oficialmente registrados. Apenas em 2022, aproximadamente 5.982 homicídios não foram contabilizados, representando 11,4% do total estimado para o ano (52.391).

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os pesquisadores Daniel Cerqueira e Gabriel Lins do Ipea baseiam suas estimativas de homicídios em um modelo probabilístico que considera características dos eventos analisados.

No Brasil, quando ocorre uma morte violenta, o médico legista deve emitir a declaração de óbito. No entanto, muitas vezes não é possível determinar se foi um homicídio, suicídio ou acidente. Essa falta de informação pode resultar em mortes violentas de causa indeterminada, o que contribui para os “homicídios ocultos”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

De 2012 a 2022, foram analisados 131.562 casos de mortes violentas de causa indeterminada, das quais 51.726 foram identificadas como “homicídios ocultos”, ou seja, provavelmente assassinatos que não foram registrados como tal.

Segundo o Atlas da Violência 2024, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes em 2022 foi de 21,7, mas se incluirmos os homicídios ocultos, essa taxa sobe para 24,5.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Embora os homicídios registrados tenham apresentado uma queda significativa entre 2012 e 2022, as reduções são menores se considerarmos os homicídios estimados. Isso pode ser atribuído a problemas na análise dos dados pelas autoridades estaduais e pelo Ministério da Saúde, que são responsáveis pela qualidade das informações sobre mortes violentas.

Além disso, o Atlas da Violência 2024 destaca outras questões importantes, como os anos de vida perdidos devido à violência, especialmente entre os jovens. Entre 2012 e 2022, estima-se que tenham sido perdidos 15,2 milhões de anos potenciais de vida devido aos homicídios de jovens brasileiros.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Apesar das quedas nas taxas de homicídios entre 2012 e 2022, certas populações continuam sendo mais vulneráveis. Por exemplo, a taxa de homicídios entre negros é quase três vezes maior do que entre não negros, destacando disparidades significativas que persistem no país.

Além disso, o Atlas também aborda o aumento da violência contra a população LGBT, bem como casos de violência cometida contra pessoas com deficiência, muitos dos quais ocorrem dentro de casa.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Esses dados do Atlas da Violência 2024 são fundamentais para compreendermos os desafios contínuos e as disparidades em relação à violência no Brasil, além de destacar a importância de melhorias na coleta e na análise de dados sobre segurança pública e saúde.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

elon musk

Negócios

O CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, alega ter sido “enganado” para consentir que seu filho tomasse bloqueadores pubertários. Ele acrescentou acreditar que...

Fim da isenção de compras internacionais abaixo de US$ 50 pela Câmara pode criar imposto de 92% Fim da isenção de compras internacionais abaixo de US$ 50 pela Câmara pode criar imposto de 92%

Economia

Com a recente sanção do presidente Lula, a nova taxa de 20% sobre compras internacionais de até US$ 50 começará a valer a partir...

lula e indígenas lula e indígenas

Brasil

O número de assassinatos de indígenas no Brasil aumentou significativamente no primeiro ano do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). De acordo...

recuperação judicial dinheiro economia recuperação judicial dinheiro economia

Governo

A equipe econômica anunciou, nesta segunda-feira (22), o congelamento de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024. A decisão foi formalizada no Relatório de...

Saúde

Entre as 39,9 milhões de pessoas vivendo com HIV/Aids no mundo, cerca de 9,3 milhões não têm acesso ao tratamento adequado. Essa lacuna no...

granada granada

São Paulo

Na tarde desta segunda-feira (22), uma granada foi encontrada em um abrigo localizado no bairro do Bom Retiro, no centro de São Paulo (SP)....

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Brasil

Nesta segunda-feira (22), um homem viralizou nas redes sociais ao tentar flagrar sua namorada traindo-o em um motel localizado em Madureira, Rio de Janeiro....

Brasil

Anderson Bonetti, sócio do humorista e influenciador Nego Di, foi preso nesta segunda-feira (22) sob acusação de ser o mentor de um esquema fraudulento...

bebê bebê

São Paulo

Um bebê foi encontrado abandonado dentro do banheiro feminino da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Baeta Neves, em São Bernardo do Campo,...

Brasil

Na tarde desta segunda-feira (22), a influenciadora digital Carla Gabola, conhecida por seu trabalho no universo dos concursos, morreu após complicações decorrentes de uma...

ex-Panicat Ana Paula Leme ex-Panicat Ana Paula Leme

Destaques

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o momento em que a ex-Panicat Ana Paula Leme agride um policial militar durante uma...

Últimas Notícias

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, declarou nesta segunda-feira (22) que o Brasil “sente saudade” de Dilma...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit