Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Economia

Copom inicia reunião nesta terça-feira para definir nova taxa de juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central concluirá nesta quarta-feira (19) a reunião para definir a nova taxa básica de juros do Brasil. Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central esperam que a Selic seja mantida em 10,5% ao ano, encerrando o ciclo de cortes iniciado em agosto de 2023. Essa estimativa foi divulgada no Boletim Focus de segunda-feira (17), uma pesquisa semanal que apresenta expectativas para os principais indicadores econômicos.

Em sua última reunião, no início de maio, o Copom reduziu a taxa pela sétima vez consecutiva, para 10,5% ao ano, mas a velocidade dos cortes diminuiu. Desde agosto do ano passado até março deste ano, a Selic foi reduzida em 0,5 ponto percentual a cada reunião. No entanto, a última redução foi de 0,25 ponto percentual.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o comunicado do Copom, a decisão foi tomada porque “o ambiente externo mostra-se mais adverso, em função da incerteza elevada e persistente referente ao início da flexibilização de política monetária nos Estados Unidos e à velocidade com que se observará a queda da inflação de forma sustentada em diversos países”. Além disso, os membros do comitê manifestaram preocupação com as expectativas de inflação acima da meta e, “em meio a um cenário macroeconômico mais desafiador do que o previsto anteriormente”, não previram novos cortes na Selic. A ata da última reunião indica que “a extensão e a adequação de ajustes futuros na taxa serão ditadas pelo firme compromisso de convergência da inflação à meta”.

A votação não foi unânime. “Votaram por uma redução de 0,25 ponto percentual os seguintes membros do comitê: Roberto de Oliveira Campos Neto (presidente), Carolina de Assis Barros, Diogo Abry Guillen, Otávio Ribeiro Damaso e Renato Dias de Brito Gomes. Votaram por uma redução de 0,50 ponto percentual os seguintes membros: Ailton de Aquino Santos, Gabriel Muricca Galípolo, Paulo Picchetti e Rodrigo Alves Teixeira”, conforme o texto oficial.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Entre março de 2021 e agosto de 2022, o Copom aumentou a Selic por 12 vezes consecutivas, em resposta à alta dos preços de alimentos, energia e combustíveis. De agosto de 2022 a agosto de 2023, a taxa foi mantida em 13,75% ao ano por sete vezes seguidas. Com o controle dos preços, o Banco Central iniciou os cortes na Selic.

O mercado financeiro prevê que a Selic encerrará 2024 em 10,5% ao ano. Para o fim de 2025, a estimativa é que a taxa básica caia para 9,5% ao ano, e para 2026 e 2027, a previsão é que ela seja reduzida para 9% ao ano.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A Selic é o principal instrumento do Banco Central para alcançar a meta de inflação. Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida, o que impacta os preços, pois juros mais altos encarecem o crédito e incentivam a poupança. Além da Selic, os bancos consideram fatores como risco de inadimplência, lucro e despesas administrativas ao definir os juros cobrados dos consumidores, de modo que taxas mais altas também podem dificultar a expansão econômica.

Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é que o crédito se torne mais barato, incentivando a produção e o consumo, reduzindo o controle sobre a inflação e estimulando a atividade econômica. Antes do ciclo de alta, a Selic havia sido reduzida para 2% ao ano, o nível mais baixo da série histórica iniciada em 1986, em resposta à contração econômica gerada pela pandemia de Covid-19. A taxa permaneceu nesse patamar de agosto de 2020 a março de 2021.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

A previsão do mercado financeiro para o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), considerado a inflação oficial do país, subiu de 3,9% para 3,96% este ano. Para 2025, a projeção da inflação aumentou de 3,78% para 3,8%, e para 2026 e 2027, as previsões são de 3,6% e 3,5%, respectivamente.

A estimativa para 2024 está dentro do intervalo da meta de inflação perseguida pelo Banco Central, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3% para este ano, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, resultando em um limite inferior de 1,5% e superior de 4,5%. Para 2025 e 2026, as metas de inflação estão fixadas em 3%, com a mesma tolerância.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Em maio, pressionada pelos preços de alimentos e bebidas, a inflação foi de 0,46%, após registrar 0,38% em abril. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), em 12 meses, o IPCA acumula 3,93%.

A projeção das instituições financeiras para o crescimento da economia brasileira este ano variou de 2,09% para 2,08%. Para 2025, a expectativa é de crescimento de 2%, e para 2026 e 2027, a estimativa é de expansão do PIB também em 2% para ambos os anos.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Superando as projeções, a economia brasileira cresceu 2,9% em 2023, alcançando um valor total de R$ 10,9 trilhões, segundo o IBGE. Em 2022, a taxa de crescimento havia sido de 3%.

A previsão para a cotação do dólar é de R$ 5,13 para o fim deste ano, com uma previsão de R$ 5,10 para o fim de 2025.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Biden

Mundo

O médico da Casa Branca, Kevin O’Connor, divulgou uma atualização na segunda-feira sobre a saúde do presidente Joe Biden, que está se recuperando da...

damares damares

Política

Uma proposta que está sendo discutida no Senado pode modificar significativamente as penas para crimes hediondos e sexuais cometidos por indivíduos acima de 70...

Fantástico passa por vexame histórico e tem pior audiência de 2024 Fantástico passa por vexame histórico e tem pior audiência de 2024

Televisão

Em meio a um dia repleto de notícias quentes, o Fantástico enfrentou uma das maiores quedas de audiência de sua história no último domingo...

Brasil pode retomar certificação de país livre de sarampo Brasil pode retomar certificação de país livre de sarampo

Justiça

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou que a cidade de Jundiaí, no interior do estado, indenize os pais de um bebê...

ex-Panicat Ana Paula Leme ex-Panicat Ana Paula Leme

Destaques

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra o momento em que a ex-Panicat Ana Paula Leme agride um policial militar durante uma...

PL oficializa a candidatura de Alexandre Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro PL oficializa a candidatura de Alexandre Ramagem à Prefeitura do Rio de Janeiro

Política

Na manhã desta segunda-feira (22), o PL oficializou a candidatura do ex-diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e deputado federal, Alexandre Ramagem, à...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Últimas Notícias

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, declarou nesta segunda-feira (22) que o Brasil “sente saudade” de Dilma...

STF pauta para semana que vem ação que pode liberar trans em banheiros femininos STF pauta para semana que vem ação que pode liberar trans em banheiros femininos

Brasil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) declarou inconstitucional a lei que proibia a instalação de banheiros unissex em Uberaba, no Triângulo Mineiro....

PF polícia federal PF polícia federal

Brasil

A Polícia Federal lançou nesta segunda-feira (22) um novo painel de Business Intelligence (BI) em seu portal de Dados Abertos. A ferramenta oferece uma...

SP: Carro da Fedex tomba e é saqueado ainda com o motorista dentro SP: Carro da Fedex tomba e é saqueado ainda com o motorista dentro

São Paulo

Parte da carga de uma carreta da Fedex foi saqueada após o veículo capotar no quilômetro 287 da rodovia Régis Bittencourt, em Itapecerica da...

Brasil

As Forças Armadas do Brasil desmantelaram duas operações de garimpo ilegal na Terra Indígena Yanomami, localizada a cerca de 300 quilômetros de Boa Vista,...

Brasil

O Amazonas enfrenta uma crise ambiental sem precedentes com a recente explosão de queimadas na região. Dados do Programa BDQueimadas, do Instituto Nacional de...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit