domingo, 20 de junho de 2021

Toffoli nega pedido do PSOL para que Bolsonaro explique alegação de fraude em 2018

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido do Psol, para que o presidente Jair Bolsonaro explique a declaração de fraude em 2018. O partido de esquerda solicitou que Bolsonaro justificasse, com provas, as falas feitas por ele em janeiro de que as eleições de 2018 foram fraudadas. 

Para  Toffoli, não foi possível identificar quais falas teriam se direcionado ao PSOL. “Bolsonaro não citou nomes, sequer instituições ou partidos políticos. Esse grau de abstração inviabiliza uma análise acerca dos crimes contra a honra, que necessitam de um sujeito passivo bem delimitado, o que não ocorreu”, disse o ministro do STF.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

O ministro da Corte também informou que interpelação judicial somente se aplica aos crimes contra honra, não sendo possível seu conhecimento quando das frases supostamente ofensivas não se inferir calúnia, difamação ou injúria.

“A minha [eleição] foi fraudada. Era para eu ter ganhado no primeiro turno. Ninguém reclamou que foi votar no 13 e a maquininha não respondia. Mas o contrário, quem ia votar 17 ou não respondia, ou apertava o 1 e já aparecia o 13. Se nós não tivermos o voto impresso em 22, uma maneira de auditar o voto, nós vamos ter problemas piores que os Estados Unidos”, disse Bolsonaro á época.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos