Foto: reprodução

Os ministros do Supremo Tribunal Federal pretendem derrubar a liminar que Ricardo Lewandowski divulgou ontem (06) onde exigia  a anuência dos sindicatos nos acordos entre empregado e empresa, que tem por objetivo reduzir a jornada ou até mesmo suspender o contrato de trabalho durante a crise do novo coronavírus.

O ministro acolheu um pedido da Rede, que impossibilita a medida provisória lançada pelo governo federal agir na atuação para salvar empregos durante a crise. Lewandowski colocou em risco mais de 7 mil acordos que já estavam firmados, o que criou caos e insegurança jurídica para empresas e empregados.

 

Siga a Gazeta Brasil no Instagram