Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Reprodução: TV Globo

Brasil

Caso Marielle: Ex-Chefe da Polícia Civil do Rio reafirma inocência em bilhete dirigido ao STF

O ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Rivaldo Barbosa, novamente aproveitou o recebimento de um mandado de citação na Penitenciária Federal de Brasília para se comunicar com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Barbosa está preso sob suspeita de ter atuado para proteger os mandantes dos homicídios da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes.

No documento, o delegado escreveu um bilhete em que afirma que o ex-policial militar Ronnie Lessa mentiu em sua delação premiada e negou conhecer o conselheiro do Tribunal de Contas do Rio, Domingos Brazão, e seu irmão, o deputado federal Chiquinho Brazão.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
O novo bilhete escrito pelo delegado Rivaldo Barbosa ao ministro Alexandre de Moraes — Foto: Reprodução

Imagem: Reprodução

“Aos exmos ministros, eu nunca falei com esses outros denunciados. O inquérito 901/00266/19 possui provas técnicas da mentira do assassino da vereadora Marielle e do motorista Anderson. No STJ, há uma decisão de que eu não participei das investigações”, escreveu Barbosa, referindo-se a um incidente de deslocamento de competência.

Em maio, o delegado já havia pedido em um bilhete também dirigido a Moraes para prestar depoimento à Polícia Federal. “Ao Exmo. Ministro, por misericórdia, solicito que V.Exa. faça os investigadores me ouvirem, pelo amor de Deus”, escreveu na ocasião.

Na semana seguinte, o ministro determinou a oitiva. Aos investigadores, o delegado afirmou sofrer uma “perseguição” e apontou supostas fragilidades no inquérito.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Barbosa, assim como os irmãos Brazão, está preso preventivamente desde 24 de março. Os três agora são réus no STF por homicídio consumado, homicídio tentado e organização criminosa. Todos foram delatados por Lessa, executor confesso dos assassinatos de Marielle e Anderson, mas negam participação nos crimes.

Em um acordo de delação premiada firmado com a PF e a Procuradoria-Geral da República, Lessa relatou que, no segundo trimestre de 2017, Chiquinho, então vereador do Rio, demonstrou “descontrolada reação” à atuação de Marielle para “apertada votação do projeto de Lei à Câmara número 174/2016”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Segundo Lessa, o projeto buscava a regularização de um condomínio na região de Jacarepaguá, na Zona Oeste da cidade, sem respeitar o critério de área de interesse social, visando obter o título de propriedade para especulação imobiliária.

Nos depoimentos, Lessa ainda relatou que Barbosa foi uma peça-chave para que os homicídios fossem consumados a mando dos irmãos Brazão. Ao delegado, caberia garantir uma espécie de imunidade aos envolvidos, ou seja, de alguma forma o inquérito que se sucederia não poderia chegar aos responsáveis pela empreitada criminosa.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Na denúncia apresentada, a PGR afirma que “a ordem para executar os homicídios foi dada por Domingos e Chiquinho” e que os dois defendiam os interesses de milícias “junto às instituições de Estado”.

O documento aponta que os irmãos Brazão informaram sobre o plano de matar a parlamentar a Barbosa, que teria usado sua autoridade como chefe de Polícia Civil “para oferecer a garantia necessária aos autores intelectuais do crime de que todos permaneceriam impunes”.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“Acrescente-se que Rivaldo ocupava, ao tempo do planejamento do crime, a função de diretor da Divisão de Homicídios, tendo sido empossado, no dia imediatamente anterior às execuções, como chefe de Polícia Civil. Por isso, o seu aval era parte indispensável do plano elaborado pelos irmãos Brazão. Ele detinha o controle dos meios necessários para garantir a impunidade do crime”, escreveu o vice-procurador-geral da República, Hindenburgo Chateubriand Filho, na denúncia.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

Lula brinca com situação de violência contra mulher: “Se o cara é corinthiano, tudo bem”; assista

Política

Ao comentar sobre uma pesquisa que apontou o aumento da violência contra a mulher após jogos de futebol, o presidente Luiz Inácio Lula da...

INSS INSS

Economia

A Associação dos Aposentados Mutualistas para Benefícios Coletivos (Ambec) foi alvo de uma operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Civil nesta terça-feira...

argentina argentina

Esportes

A FIFA anunciou nesta quarta-feira a abertura de uma investigação sobre um cântico entoado por jogadores argentinos contra a seleção francesa durante as celebrações...

'Grevistas têm que entender que estamos apenas há 1 ano e 6 meses no governo', afirma Lula 'Grevistas têm que entender que estamos apenas há 1 ano e 6 meses no governo', afirma Lula

Política

Em entrevista à Record na terça-feira (16), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que o ex-presidente dos EUA Donald Trump “vai tentar tirar proveito”...

SUS SUS

Saúde

O aplicativo Meu SUS Digital, do Ministério da Saúde, permitirá que profissionais da saúde acessem o prontuário eletrônico unificado, contendo o histórico de saúde...

STF STF

Justiça

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), acatou o pedido conjunto do governo e do Congresso Nacional e estendeu o prazo para...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

São Paulo

Nos primeiros cinco meses de 2024, o estado de São Paulo registrou 2.441 mortes por acidentes de trânsito, o maior número para o período...

Brasil

Após um início de inverno caracterizado por duas ondas de frio consecutivas, o padrão climático no Brasil está novamente em transição. Nos próximos dias,...

Brasil

O carpinteiro Vitor Soares do Nascimento, que foi ferido por uma estaca de madeira na cabeça na semana passada, recebeu alta da UTI do...

mega-sena mega-sena

Brasil

Na noite de terça-feira (16), nenhum apostador acertou os números sorteados no concurso 2.749 da Mega-Sena. Os números sorteados foram 08, 25, 27, 38,...

Brasil

Com uma população de pouco mais de 17 mil habitantes, o município de Envira, localizado na região sudoeste do Amazonas e a 1.200 km...

Brasil

Nesta quarta-feira (17), a Receita Federal e o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Estado do...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit