Ouça essa matéria na integra

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (12) a  redução de taxas de juros em três linhas de crédito, após o Banco Central cortar a taxa básica de juros ontem. Decisão ocorre um dia após Comitê de Política Monetária (Copom) diminuir taxa básica de juros, a Selic, de 5% para 4,5% ao ano.

A taxa mínima fixa do crédito imobiliário da Caixa passou de 6,75% ao ano mais a TR (Taxa Referencial). Nesta modalidade também é considerada a Taxa Referencial, que atualmente está zerada.

A linha só vale para quem tem conta na Caixa, recebe salário pelo banco e tem outros produtos contratados.

Já em relação aos produtos de crédito pessoal, as taxas de juros para o cheque especial cairão de 8,99% ao mês para 8% – para clientes que não optarem pelo pacote de relacionamento. Aqueles que escolherem receber salário na Caixa, a taxa será reduzida em 0,04 ponto percentual, caindo de 4,99% para 4,95% ao mês. Nesse caso, os novos valores passam a valer a partir de 2 de janeiro de 2020.

Em geral, a redução é maior conforme o cliente tem mais relacionamento com o banco, ou seja, contrata mais produtos.