Nos siga em

O QUE ESTÁ PROCURANDO

Israel
Foto: Jorono/Pixabay

Mundo

Israel Aprova Plano de Ataque ao Líbano por Tensões com Hezbollah: “guerra total”

O exército de Israel aprovou uma ofensiva contra o Líbano após um aumento nos tiros transfronteiriços, enquanto o discurso de “guerra total” gerava preocupações de que o conflito em Gaza pudesse se espalhar para o Oriente Médio.

“Os planos operacionais para uma ofensiva no Líbano foram aprovados e validados, e decisões foram tomadas sobre a continuação do aumento da prontidão das tropas no campo”, disseram os comandantes das Forças de Defesa de Israel (IDF) na noite de terça-feira, sem divulgar se a iniciativa envolveria a mobilização de tropas para o país vizinho.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Israel e o Hezbollah, que controla grande parte do Líbano, têm trocado tiros desde outubro, em paralelo à campanha de guerra de Israel contra o grupo militante palestino Hamas na Faixa de Gaza. Tanto o Hamas quanto o Hezbollah recebem apoio do Irã, e o grupo libanês alega solidariedade com a situação do povo palestino – mais de 37.000 dos quais foram mortos desde o início da ofensiva, de acordo com dados do Ministério da Saúde local.

As hostilidades se intensificaram depois que a IDF relatou na semana passada que um ataque israelense na vila de Jouaiyya, no sul do Líbano, matou um comandante sênior do Hezbollah, Sami Taleb Abdullah, junto com outros três operativos do grupo. Na manhã de quarta-feira, a rede de TV Al-Manar, alinhada com o Hezbollah, informou que o grupo lançou um ataque com mísseis contra posições de soldados israelenses em Metula, em Israel, segundo uma tradução do Google. 

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O anúncio da IDF ocorreu após o Hezbollah divulgar um vídeo de nove minutos do que alegava ser imagens aéreas capturadas por drones de vigilância. O grupo libanês afirmou que a área revelada nos clipes se estende por 6,5 quilômetros quadrados de Israel e está a 24 quilômetros da fronteira do Líbano com os territórios palestinos, alegando que inclui o porto de Haifa e uma base militar, além do complexo militar Rafael.

O vídeo provocou medo e fúria em Israel, onde o prefeito de Haifa, Yona Yahav, comparou-o a “terror psicológico sobre os residentes de Haifa e do norte”, segundo a Reuters.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

O ministro das Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, disse em uma atualização nas redes sociais que seu país está “muito próximo do momento de decisão para mudar as regras contra o Hezbollah e o Líbano. Em uma guerra total, o Hezbollah será destruído e o Líbano será severamente atingido”.

Katz reconheceu o provável custo para Israel, que está simultaneamente lutando contra o Hamas no enclave de Gaza e enfrentando pressão internacional crescente para limitar as baixas civis palestinas.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“O Estado de Israel pagará um preço na linha de frente e na frente interna, mas com uma nação forte e unida, e todo o poder das IDF, vamos restaurar a segurança para os residentes do norte”, disse o ministro das Relações Exteriores.

“Lembro que, segundo as Nações Unidas, não há disputa territorial – nenhuma disputa territorial – entre o Líbano e Israel”, disse o porta-voz do governo israelense, David Mencer, durante uma coletiva de imprensa na terça-feira. “Seja diplomaticamente ou militarmente, de uma forma ou de outra, garantiremos o retorno seguro e seguro dos israelenses às suas casas no norte de Israel. Isso não está em negociação.”

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Preocupações com a segurança levaram milhares de civis libaneses e israelenses a fugirem de seus assentamentos na fronteira.

‘Uma guerra maior’

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Os dois estados vizinhos estão em um cessar-fogo nominal mediado pela ONU desde uma guerra de 34 dias em 2006. Os EUA, que veem os laços de Israel com o Líbano como interligados com as chances de uma trégua na Faixa de Gaza, têm tentado reduzir as hostilidades. O enviado sênior dos EUA, Amos Hochstein, se encontrou com a liderança israelense e libanesa no início desta semana.

“Deixe-me ser claro: o conflito ao longo da Linha Azul [de demarcação] entre Israel e o Hezbollah já dura o suficiente”, disse Hochstein em uma coletiva de imprensa na terça-feira, durante uma visita a Beirute.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Ele ressaltou as ambições da Casa Branca de evitar que o conflito se espalhe para uma guerra maior, observando: “As conversas que tive aqui hoje em Beirute e as que tive ontem em Israel estão sendo conduzidas porque a situação é séria, vimos uma escalada nas últimas semanas, e o que o [presidente dos EUA] Joe Biden quer fazer é evitar uma escalada maior para uma guerra maior. Esse é o esforço aqui.”

O Líbano desde então procurou se distanciar das hostilidades.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

“O Líbano não busca escalada, e o que é necessário é parar a agressão israelense contínua contra o Líbano e retornar à calma e estabilidade na fronteira sul”, disse o primeiro-ministro interino do Líbano, Najib Mikati, durante sua reunião com Hochstein, segundo comentários traduzidos pelo Google e divulgados por seu escritório.

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Escrito Por

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Destaques

mega-sena

Economia

Na noite deste sábado (13), em São Paulo, foi realizado o sorteio do concurso 2.748 da Mega-Sena. O prêmio total para quem acertar as...

Mundo

O homem que abriu fogo contra a multidão em um comício de Donald Trump em Butler, Pensilvânia, ferindo o ex-presidente, matando um participante e...

trump biden trump biden

Mundo

Joe Biden falou com Donald Trump, após a tentativa de assassinato que o ex-presidente sofreu durante um ato de campanha eleitoral na Pensilvânia. Biden...

Destaques|Saúde

Estudo em moscas-da-fruta e camundongos identifica possível mecanismo por trás da fadiga muscular em COVID longo e outras doenças. Inflamação no cérebro após infecções...

Mundo

Donald Trump escapou por pouco de uma tentativa de assassinato enquanto discursava em um comício na Pensilvânia hoje, quando vários tiros foram disparados contra...

Biden Biden

Mundo

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, manifestou solidariedade neste sábado ao seu rival nas eleições após o atentado sofrido por Donald Trump durante...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO

Brasil

Pacheco

Brasil

Durante sua participação na 19ª edição do Congresso Internacional de Jornalismo Investigativo, promovido pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o presidente do Senado,...

Brasil

Um acidente envolvendo um ônibus escolar com 26 estudantes ocorreu na cidade de Aurora, localizada no Vale do Itajaí, em Santa Catarina, conforme registrado...

Brasil

Neste sábado (13), após o presidente Donald Trump ser retirado de um comício na Pensilvânia, com ferimentos no rosto e nas mãos, líderes políticos...

Nordeste clarão Nordeste clarão

Brasil

Na madrugada deste sábado (13), por volta das 0h10, o céu nordestino foi iluminado pela queda de um meteoro, que proporcionou um espetáculo de...

Brasil

O ex-técnico da Seleção Brasileira, Dunga, e sua esposa, Evanir Miller da Silva Verri, ficaram feridos neste sábado (13) após o carro em que...

Brasil

Modelo Yasmin Dominguez, representada pela agência 40º Models, faleceu aos 19 anos nesta sexta-feira no Rio de Janeiro. O corpo de Yasmin foi encontrado...

CONTINUE LENDO APÓS O ANÚNCIO
Facebook
X\Twetter
LinkedIn
WhatsApp
Threads
Telegram
Reddit