CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Michelle Bolsonaro, compareceu à delegacia para autorizar a abertura de inquérito para investigar ofensas contra ela na internet.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na tarde desta quinta-feira (24) a primeira-dama Michelle Bolsonaro, mulher do presidente Jair Bolsonaro, depôs na Delegacia de Crimes Eletrônicos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) em São Paulo, para o inquérito que investiga ofensas sofridas por ela via internet.

A primeira-dama estava com o depoimento marcado para as 15h30, ela foi ouvida pelo delegado Carlos Ruiz, especializado em crimes cibernéticos.

Michelle permaneceu no local por cerca de 10 minutos, o prédio fica localizado na Zona Norte de São Paulo, a primeira-dama não fez nenhuma declaração à imprensa.

De acordo com a Polícia, a defesa de Michelle solicitou um requerimento para que sejam investigadas ofensas recebidas por ela na internet, que podem  ser configuradas como crime contra a honra. Nesses casos, a própria vítima precisa ir pessoalmente dizer ao delegado que quer a investigação.

O comparecimento da primeira-dama ao DEIC nesta quinta, foi justamente para autorizar o delegado a prosseguir com o inquérito para investigar as ofensas contra ela.

Os investigadores informaram que o caso será assumido pela 4ª Divisão de Investigações Gerais do DEIC, na delegacia de crimes cometidos por meios eletrônicos, liderada pelo próprio delegado Carlos Ruiz.

 

 

 

 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE