quinta-feira, 22 de abril de 2021

Justiça impõe bloqueio de salário de Kalil para pagar dívida trabalhista

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1

A justiça de Belo Horizonte determinou em primeira instância que o prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil (PSD), tenha seu salário bloqueado de forma parcial. A decisão serve para pagar uma dívida com que o político tem com um ex-funcionário de uma empresa na qual ele era sócio.

A sentença foi publicada no Tribunal Regional do Trabalho no último sábado (12). Ainda segundo a decisão, a dívida já passa dos R$ 213 mil. Kalil disse que vai recorrer contra a decisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2

O bloqueio foi ordenado pela juíza Laudenicy Moreira de Abreu, é tem impacto de 30% no salário do prefeito de BH, a medida deve acorrer até completar o valor da dívida, de R$ 213.550,22.

 

Confira um trecho da decisão:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 3

Nesse sentido, o próprio art. 805 do CPC, no § 1º, ressalva que “Ao executado que alegar ser a medida executiva mais gravosa incumbe indicar ouros meios mais eficazes e menos onerosos, sob pena de manutenção dos atos executivos já determinados”. Repita-se, os executados não desincumbiram desse ônus.

Diante desses princípios, garantias e disposições, o § 2º do art. 833 do CPC excepciona que “O disposto nos incisos IV e X do caput não se aplica à hipótese de penhora para pagamento de prestação alimentícia, independentemente de sua origem…”(grifou-se), como na espécie.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 4

Nesse contexto, tem-se que a penhora de parte dos vencimentos/subsídio do executado, de um lado, não frustrará a garantia do mínimo essencial de sua sobrevivência e, por outro lado, mais justo, atenderá à necessidade do reclamante em receber seu crédito alimentar.

DEFIRO o pedido, determinando o BLOQUEIO E PENHORA do valor equivalente a 30% dos vencimentos/subsídios do executado SR. ALEXANDRE KALIL, até o limite do crédito líquido do exequente (R$ 213.550,22, com atualização a partir de 30/06/17), ressalvada atualização até o efetivo pagamento.

OFICIE-SE ao Município de Belo Horizonte, por seu Secretário Municipal de Planejamento, Orçamento e Gestão, para imediato cumprimento da ordem, com transferência do numerário para conta à disposição deste Juízo, na agência 0620 da Caixa Econômica Federal, devendo comprovar nos autos no prazo de 05 dias.

Confira aqui a decisão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 5
Gazeta Brasil
Gazeta Brasilhttps://www.gazetabrasil.com.br
A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na cidade de São Paulo. Publica textos, fotos, vídeos no formato digital. Faz parte do grupo AZComm Comunicação e Eventos.
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimos artigos